Que a beleza de Cristo se veja em mim

Reconhecimento do povo salvadorenho
Não conheci cristão que a pudesse cantar este hino com mais propriedade do que Dom Óscar Arnulfo Romero, e o fato de ter morrido nas vésperas da Páscoa torna esta relação mais evidente. Permitam-me citar algumas semelhanças entre o martírio de Dom Romero e a Via Crucis de Jesus, Salvador seu e nosso.
Dom Romero viu o rosto do soldado que o alvejou fatalmente, ainda assim não mudou de atitude, continuou firme no seu sacerdócio. Exatamente o que aconteceu com Jesus. Enquanto seus discípulos dormiam ele viu chegar a guarda armada para prendê-lo.
Dom Romero foi morto por um atirador de elite do exército salvadorenho, da mesma forma que a escolta que levou Jesus ao Calvário era composta pelos mais bem preparados soldados romanos.
Assim como seu mestre, sem fomentar qualquer sentimento de vingança ou ódio, fez uma clara opção pelos párias, renegados e isolados da sociedade, o que lhe valeu o título de Bispo dos pobres. Nos passos de Jesus, pregou a convivência pacífica para que a justiça fosse a única voz ouvida.
A sua morte não foi uma ato isolado. Vários outros pregadores do evangelho foram assassinados na América do Sul naquele período. Na Bíblia temos o relato da morte de João Batista, de Teudas e de Jesus, o justo, mas há registro de muitos outros que foram martirizados na luta pela liberdade.
Jesus foi por diversas vezes ameaçado de morte, e não por poucas vezes aqueles que lhe eram próximos tentaram dissuadi-lo. O mesmo se deu com Dom Romero que por várias vezes lhe sugeriram um inaceitável asilo político. Fui frequentemente ameaçado de morte. Devo dizer-lhe que, como cristão não creio na morte sem ressurreição.
Como Jesus, Dom Romero não somente aceitou a morte como consequência inevitável, como também perdoou antecipadamente os seus assassinos: Minha morte, se for aceita por Deus, que seja pela libertação do meu povo e como testemunho de esperança no futuro. Você pode escrever: se chegarem a me matar, desde já eu perdoo e abençoo aquele que o fizer.
A despeito de tudo o que foi relatado, tenho pra mim que a maior semelhança se deu entre o seu funeral e a entrada de Jesus em Jerusalém. Quando Jesus entrava triunfalmente na cidade, não faltaram aqueles que diziam que não passava de uma manifestação de bêbados. Pois bem, em maiúsculos espaços a imprensa brasileira noticiou a morte de Dom Romero, fazendo-lhe a infeliz referência: Morreu um padre terrorista em El salvador.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates