E quem não tem o que agradecer?

Túmulo de Absalão, no Vale de Cedron, apedrejado até os dias de hoje
Será que existiu sobre a face da Terra alguém que nunca tenha tido um motivo sequer para agradecer a Deus? Não falo do agradecimento pelas coisas essenciais, como a própria vida, o ar que respiramos e todo esse conjunto de coisas que se atribui a Deus como dádivas universais da sua misericórdia, as que Wesley chamou de graça livre. Mas se em uma avaliação pessoal e sincera sobre a própria vida essa pessoa não encontra qualquer motivação. Uma leitura superficial da Bíblia me fez reconhecer três sérios candidatos à ingratidão: Matusalém, que viveu 969 anos e nada se conta dele, a não ser que gerou filhos e filhas; Absalão, que mesmo morrendo jovem, deixou atrás de si um rastro de ódio, vingança, adultério, insubordinação e assassinatos; o patriarca Job, que além de perder tudo o que representava a razão da sua vida, se vê condenado a viver na podridão, coberto de chagas incuráveis, de julgamentos intermináveis e de dúvidas indissipáveis. Me pergunto se a essas não podemos acrescentar as histórias das crianças que recebem nomes de celebridades, mas nenhum carinho ou atenção e vivem abandonadas nas ruas da nossa cidade; de doentes e idosos que são deixados em hospitais e asilos, sem receber uma única visita de seus familiares e que caminham para o fim de sua existência sem encontrar uma razão pela qual viveram; de mulheres cujas vidas são sufocadas pelo vício e adultério de seus maridos e vislumbram a morte como única saída para o seu desespero? A lista dos filhos de Deus que não encontram razões concretas para louvá-lo e agradecê-lo não é pequena não. Deus sabe muito bem disso. Deus está atento a isso. Mas não para castigá-las ainda mais pela não gratidão, mas para desafiar os todos os seus filhos que têm motivos de sobra para agradecer, para que sejam testemunhas suas de que ele não trará a plenitude do seu Reino enquanto perdurar esta situação.

Leituras: Gênesis 5.25-27 - II Samuel 13-18 - Job 1-3

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates