A cadeira do Espírito Santo

Cadeira do Espírito Santo
Em alguns púlpitos pentecostais, além dos notáveis que se sentam olhando a congregação de cara feia, há também uma cadeira permanentemente vazia. A cadeira do Espírito Santo. Nela ninguém senta sob a ameaça de morrer fulminado imediatamente. Não sei de onde se tirou essa ideia, mas sei que uma leitura distorcida de certos versículos bíblicos induzem as pessoas a imaginar Deus como um olho que tudo vê, e que está permanentemente de plantão para nos castigar na primeira encruzilhada da vida. Um deles, e com agravante máximo, foi dito por Jesus na parábola do home rico: Seu tolo! Esta noite você vai morrer; aí quem ficará com tudo o que você guardou? Qualquer leitura leviana do texto vai sugerir que Jesus disse que Deus mataria o homem rico naquela mesma noite. Contudo, a aversão de Jesus a ideia de um Deus vingativo se deu com veemência e em vários momentos. Ele fez questão de deixar claro que não veio para castigar ninguém, quanto mais punir com a pena capital quem quer que fosse. Mesmo aquele que se senta, não de modo literal, mas de forma inapropriada na cadeira do Espírito Santo. Deixar de lado a concepção de um Deus adversário eu sei que é muito difícil. Talvez o que mais precisemos convencer a nós mesmos no evangelho de hoje é que Deus é por nós e não contra nós.

Leitura: Lucas 12.15-21

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates