E tem quem diga o contrário

Lendo a Bíblia, Steve Henderson
Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Os tolos desprezam a sabedoria e não querem aprender. Provérbios 1.7

Tenho um amigo ateu, aliás, o mais ateu de todos os ateus, pois este sequer cogita refletir sobre qualquer hipótese, mesmo aquelas que considera mais absurdas, a partir da existência de um deus, mas ele cita alguns salmos bem grandes de cor. Ou seja, até para aqueles que não acreditam em Deus é importante aprender daquilo que chamamos de Sagradas Escrituras, ou simplesmente de Bíblia.

Alguns teólogos interpretam o nosso texto base da seguinte maneira: O conhecimento de Deus é o princípio de toda a sabedoria. Por mais que pesquisasse, até hoje não encontrei na Bíblia uma única citação exigindo dos seus leitores uma deferência especial quanto à leitura do seu texto, no sentido de preservá-la ou mesmo de mantê-la resguardada de críticas ou desafios. Pelo contrário, tudo o que li a expõe a comentários de todas as sortes. Sua leitura é tão ampla que tem servido às mais diversas interpretações ao longo da História. Não há nela qualquer código de conduta ou chaves literárias que nos induza ou que nos autorize sermos seus guardiões.

Paulo, no auge da sua sabedoria e praticidade nos deixou um desabafo pouquíssimo aceito e menos ainda seguido por nós. Quando soube que na Igreja de Filipos havia gente que se especializara em ridicularizar o evangelho, ele disse: Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda (Fp 1.18). Spurgeon dizia que o evangelho é um leão enjaulado. Não precisa do nosso cuidado e nem da nossa proteção. Precisa apenas que lhe abramos a jaula.

Depois de conhecer as diversificadas deferências que a Bíblia angariou em nosso meio, tenho que dizer que nada me preparou para o que a nossa presidente, Dilma Rousseff disse sobre ela. Além disso ela tem alta qualidade literária e tem também histórica. Então, eu quero te dizer o seguinte: é uma leitura pra mim muito importante, porque ela trabalha com metáfora, e é muito difícil. A metáfora é a imagem, nada mais do que você transformar em imagem alguma coisa. E não tem jeito melhor de você entender e compreender do que a imagem.

Uma superficial comparação das opiniões sobre a Bíblia vai nos dizer se o nosso versículo tem ou não razão, ou melhor: quem lê e quem não lê a Bíblia, ou melhor ainda: quem tem ou quem não tem cultura. Eu fico com a máxima de Millor Fernandes: é melhor ser inteligente do que ser rico, mas é melhor ser rico do que ser burro.

Com mais essa pérola da nossa mandatária maior, desejo a todos um bom domingo. Isso é, a despeito dela.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates