Não podem, mas tentam

Porta estreita, www.sanletter.net
No hino de Romanos 8 há uma pergunta embutida nas entrelinhas: Quem é que tenta nos separar do amor de Deus? Paulo responde: a tribulação, a perseguição, a nudez, a fome, o perigo, a espada etc. Ele enumera uma série de coisas ruins que concorreram para nos separar do amor de Deus, mesmo não tendo capacidade de fazê-lo. Porém, um olhar mais atento vai descobrir que há outra lista. Esta composta de coisas boas, com faces angelicais, mas que com a mesma intensidade concorrem também para nos separar do amor de Deus. Coisas como a vida, os anjos, a vitória e o futuro. Este texto não é apenas um alento para as horas de tentação. Ele carrega consigo uma séria advertência contra o perigo real que há nas horas de regozijo e paz. Confesso que é difícil tratar deste assunto sem ferir conceitos de gente bem intencionada e honesta que incansavelmente tem buscado a direção de Deus, e se colocado a mercê do seu Espírito. Mas é necessário que se separe o joio do trigo e que se verifique na realidade que tipo de mensagem está sendo assimilada: aquela que nos alerta para o perigo das tentações, sejam elas diabólicas e angelicais, ou a que nos entorpece para que vejamos apenas o lado bom de todas as situações?

Leitura: Romanos 8.31-39

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates