Sim, você consegue

Feliz é aquele cujo prazer está antes na lei do Senhor, 
e nela medita de dia e de noite.
É como uma árvore plantada junto a corrente de águas,
que dá o seu fruto no devido tempo e cuja folhagem não murcha.
Tudo quanto faz será bem sucedido.
(Salmo 1.2-3)

Ouve, oh Israel, Pamela Geller
Texto do rev. Paulo Schütz.

Deus o conduziu até aqui, deu-lhe a oportunidade de nascer de novo, de recomeçar uma nova vida, e lhe sugere novos hábitos, para não repetir os mesmos erros e obter sucesso em seus novos propósitos.
Você conhece o dito popular: Tudo que eu gosto é ilegal, imoral ou engorda.  Ele é verdadeiro apenas em parte, pois existe muita coisa gostosa que só traz alegria. Mas devemos sempre nos lembrar dele porque a outra parte é também verdadeira com relação às coisas espirituais. Adão e Eva, por exemplo, se deram mal por causa do fruto de uma árvore que era agradável aos olhos e bom para comer. É certo que você terá de se acostumar nessa nova vida a alguns alimentos amargos, mas o que Deus lhe oferece para começar é algo que lhe proporcionará sucesso em tudo que empreender e também prazer, decorrente de sua própria eficácia.
Trata-se de seu alimento diário, a lei do Senhor, também conhecida como palavra de Deus, que todos chamam simplesmente de bíblia. Sim, todos a conhecem e, mais que isso, a levam em consideração de alguma maneira. Os estudiosos sérios comparam os conhecimentos adquiridos em suas especialidades com o que ela diz ou aparenta dizer a respeito e, em geral, se dão ao trabalho de emitir suas opiniões. Os apenas letrados, incluindo os pouco alfabetizados, são com certeza os que mais a manuseiam, a lêem e a estudam. Até analfabetos a conhecem e a valorizam muito.
Talvez nenhum outro objeto de pesquisa tenha contado para sua elucidação com tanta diversidade de profissionais, entre eles: historiadores, geógrafos, geólogos, arqueólogos, paleontólogos, hermeneutas, linguistas, gramáticos, tradutores, físicos, químicos, astrônomos...
Mais importante ainda é que contou com a contribuição de uma infinidade de autores, a grande maioria só identificados em linhas gerais, procedentes dos mais variados meios, culturas, e épocas, como sábios, sacerdotes, reis, historiadores, poetas, legisladores, boiadeiros e pescadores. Muitas peças circularam na forma oral antes de serem postos na forma escrita. No caminho entre a origem de cada uma até a forma atual, elas foram aumentadas, modificadas, cortadas, reescritas, selecionadas, corrigidas pelas mãos que passaram, sempre com a intenção de melhorá-la. E os esforços para conservá-la sempre atual continuam intensos em todos os níveis. São os componentes da nossa orquestra imaginária esforçando-se, desde a criação do mundo, para tocar seus instrumentos em harmonia com a totalidade dos demais, de todos os tempos e lugares.
Toda a humanidade se encontra em torno da bíblia, nela compartilha seus conhecimentos e experiências espirituais, dialoga, aprende, se consola, se apoia, se anima. Ignorá-la é viver noutro mundo. Você consegue, sim.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates