O que é HIPOCRISIA?

O Senhor disse: Visto que este povo se aproxima de mim e com a sua boca e com os seus lábios me honra, mas o seu coração está longe de mim. Isaías 29.13a

Escribas e fariseus hipócritas, Richard Linford em 2013
A exemplo dos profetas, mas com uma contundência inigualável, Jesus pôs a descoberto as raízes e consequências da hipocrisia, visando especialmente os que constituíam a aristocracia intelectual dominante: os escribas, os fariseus e os doutores da Lei. Hipócritas são aqueles cuja conduta não exprime os desejos do coração; mas eles também são qualificados por Jesus como cegos: Mt 23.26 - Fariseu cego, limpa primeiro o interior do copo, para que também o seu exterior fique limpo! Há uma conexão que parece justificar a mudança de um sentido para o outro: no ímpeto de querer enganar os outros, engana-se o hipócrita a si mesmo e se torna cego em relação ao seu próprio estado, incapaz de ver a luz.

A hipocrisia religiosa não é simplesmente uma mentira; ela engana os outros para angariar sua estima na aparência dos gestos religiosos, mas intenção é bem outra. O hipócrita parece agir para Deus, mas, na realidade, age para si próprio. Nas práticas mais comuns à fé cristã, a oração, a pregação, o jejum e o serviço, são adulteradas pela preocupação de se fazer notar antes de tudo: Mt 23.5 - Praticam, porém, todas as suas obras com o fim de serem vistos dos homens; pois alargam os seus filactérios e alongam as suas franjas. Este hábito de manter uma distância entre o coração e os lábios, ensina a encobrir intenções maldosas sob uma aparência piedosa, como quando sob o pretexto de acionar uma questão jurídica contra Jesus, armou-se para ele uma cilada: Mt 22.17 - Dize-nos, pois: que te parece? É lícito pagar tributo a César ou não?Ansioso por salvar as aparências, no popular, livrar a sua cara, o hipócrita sabe fazer uma triagem dos preceitos ou acomodá-los segundo uma astuta casuística. Desta forma ele consegue coar um mosquito e engolir um camelo. (Mt. 23.24) Pode também torcer os preceitos divinos em proveito da sua rapinagem e intemperança: Mt 23.29 - Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque edificais os sepulcros dos profetas, adornais os túmulos dos justos.

O formalismo pode ser curado, mas a hipocrisia está próxima do endurecimento. Os sepulcros caiados acabam por aceitar como verdade o que eles querem fazer crer. Julgam-se justos e se tornam surdos a qualquer apelo à conversão. Como um ator de teatro, do grego hypocrites, ele continua a representar seu papel, quanto mais ocupa o lugar de destaque e vê a sua palavra ser obedecida e reverenciada: Mt 23.2 - Na cadeira de Moisés, se assentaram os escribas e os fariseus. Algumas de suas palavras são salutares. porém vazias, pois como poderia o hipócrita ponderar sobre a realidade se a trave no seu olho lhe tapa a vista?

Os guias espirituais são necessários nesse mundo, mas nunca poderão ocupar o lugar de Deus, o que normalmente fazem quando substituem a lei divina pelas tradições humanas. São cegos que pretendem guiar outros cegos. A sua doutrina não passa de fermento mau. Cegos como são, não podem reconhecer os sinais dos tempos, isto é, descobrir em Jesus o enviado de Deus, por isso estão sempre pedindo sinais do céu. Obcecados por sua malícia, não levam em conta o amor de Jesus e apelam para a lei do sábado para impedi-lo. Ousam afirmar que os milagres de Jesus tem origem em Belzebu. Também, como poderia de um coração mau sair palavras boas?

Para quebrar-lhes a tranca dos seus corações, Jesus faz com que as suas máscaras caiam diante de todos, denuncia o seu pecado fundamental e sua secreta podridão, na tentativa última de livrá-los da sorte dos ímpios. Para eles, Jesus emprega o termo hebraico hanefa, que significa perverso. O hipócrita é um ímpio em potencial. João exprime bem este pensamento quando diz: Jo 9.40 – O pecado dos judeus consiste em dizer: nós vemos, quando são cegos.

Seria ilusão pensar que a hipocrisia fosse própria dos fariseus apenas. Os sinóticos estendem à multidão este adjetivo. João assim chama os judeus incrédulos de todos os tempos. Pedro escapou desse perigo em Antioquia quando Paulo o confrontou. Talvez por isso, o próprio Pedro nos recomenda que sejamos simples como um recém nascido, sabendo que a hipocrisia nos espreita.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates