Tentação I

As tentações de Cristo, anônimo, século XII
A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diaboLeia Mateus 4.1-1

Por que tão poucos cristãos agem como Cristo? Por que encontramos tanta dificuldade para nos tornarmos novas criaturas? Por que existe tão pouco amor e liberdade nas igrejas?

Por que Jesus Cristo tem sido historicamente para nós um ícone de resistência às inovações em vez de ser o líder da conquista do inusitado? Por que as nossas convicções políticas e as nossas preocupações econômicas nos falam mais alto que o evangelho? Essas perguntas não são novas, mas elas continuam denunciando o conceito que temos do que é uma vida cristã. O fato delas estarem vigentes são a prova de que tentamos viver a nova vida em Cristo, com os mesmos velhos valores. Essas perguntas indicam também que Jesus está com o pé na porta das questões que tentamos fechar e segurando a página da nossa vida que queremos virar. Ele quer definitivamente ser o nosso Deus.

Nós já sabemos tudo sobre as tentações, mas eu gostaria de falar hoje sobre a tentação, porque por essa tentação em especial, todos temos que passar e todos temos que vencer. Uma vez vencida, aprendemos a viver. Esta é simplesmente a tentação que nos prepara para enfrentar todas as outras. Jesus teve que enfrentá-la e nos temos também. Jesus encarou o mesmo desafio que encaramos, porém numa escala bem maior. Ele teve que avaliar os seus dons e decidir qual seria a melhor maneira de usá-los no Reino de Deus. Nós temos que nos fazer esta pergunta: como posso colocar os meus dons a serviço das pessoas? Vamos continuar utilizando esses dons para nós mesmos, para o nosso deleite, para o nosso proveito ou colocá-los à disposição do Reino. Esse é o grande desafio, a maior tentação da vida nova.

Tentação significa pôr à prova. Jesus passou por essa tentação não para provar que era o Messias, isso até o tentador já sabia que ele era, mas para escolher as prioridades da sua luta. Nós também não somos tentados para provarmos que somos filhos de Deus, porque isso nós já somos, mas como filhos de Deus nós somos testados para mostrar, em meio às tentações, o amor com que ele ama todos os seus filhos. Qualquer pessoa que nunca experimentou essa tentação, não sabe o que é tentação. Vive deitada em berço esplêndido sem conhecer as questões reais.


0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates