Nós e Nossas Orações VI

Dia dos animais, José Assunção (1911-?)
Tradução, feita por João Wesley Dornellas, em maio de 2005, do capítulo inicial do livro “The Plain Man´s Book of Prayers” (“Orações para o Homem Comum”).

Orações para o Homem Comum
2º dia, pela manhã:
Ó Deus, nosso Pai, abençoa-nos e cuida de nós durante o curso deste dia. Em nossas tarefas, fazemos diligentes, de modo que nos apresentemos sempre como obreiros que não precisam ser repreendidos. Em nossa hora de lazer, ajuda-nos a encontrar prazer só naquilo que depois não nos cause remorso. Em nossos lares, faze-nos bondosos e considerados, tratando sempre de facilitar os demais em suas tarefas e não tornando-as motivo de angústia. No trato com os semelhantes, faze-nos corteses e benevolentes. Em nossa atitude para conosco mesmos, faze-nos honestos ao enfrentar a verdade. E a cada instante deste dia, faze com que recordemos que tu, ó Deus, nos vês e que em Ti vivemos e nos movemos. Assim, concede-nos que não façamos nada pelo que nos sintamos envergonhados conosco mesmos ou doloridos com os que nos amam. Por Jesus Cristo, nosso Senhor, Amém.

2º dia, à noite:
Ó Deus, nosso Pai, que nos exortas a orar por todos os homens, ao anoitecer recordamos em especial aqueles que necessitam de nossas orações. Abençoa os que estão sós e cuja solidão se faz sentir ainda mais ao anoitecer. Abençoa os que estão tristes pois, ao chegar a noite, eles sentem ainda mais a ausência de um ser querido a quem perderam há pouco tempo. Abençoa os enfermos que não poderão dormir esta noite e aqueles que se levantarão para aliviar a dor do que sofre. Abençoa os que não têm lar e que carecem de uma família que possam considerar sua.

Ó Deus, que estás em todas as partes, abençoa este nosso lar. E faze com que recordemos que Jesus é sempre nosso hóspede invisível, ajudando-nos, assim, que aqui jamais façamos ou falemos aquilo que lhe causaria tristeza ouvir. Cuida de nós durante a noite escura e dá-nos um descanso aprazível. Por Jesus Cristo, nosso Senhor, Amém.

20º dia, pela manhã:
Ó Deus, nosso Pai, que nos deste o descanso noturno e que agora nos envias ao nosso trabalho de todo o dia, guia-nos e dirige-nos no decorrer deste dia. Ajuda-nos a trabalhar corretamente para que façamos tão bem nossas tarefas que poderíamos colocá-las diante de Ti. Ajuda-nos a falar corretamente e livra-nos de expressar-nos com leviandade ou de guardar silêncio covarde. Ajuda-nos a pensar corretamente e a cuidar tão bem de nossa mente e do nosso coração para que nenhum pensamento mau ou rancoroso tenha acesso a eles.
Ajuda-nos a viver como corresponde àqueles que começam o dia em Ti e que querem viver cada instante em tua presença. Concede que hoje nossas vidas possam resplandecer como luzes de amor e de bondade no mundo, a fim de honremos o nosso nome e ao Mestre, de quem somos e a quem queremos servir. Pedimos por teu amor, Amém.

20º dia, à noite
Ó Deus, nosso Pai, te damos graças pelo dia de hoje. Damos-te graças por nos haveres dado fortaleza e saúde do corpo e da mente para realizar nosso labor e assim ganharmos a vida. Damos-te graças por nossos entes queridos e por todos nossos companheiros e amigos sem os quais a vida nunca poderia ser a mesma.

Ó Deus, nosso Pai, nós te pedimos perdão por este dia. Perdoa-nos se fizemos mal o nosso trabalho e não como poderíamos tê-lo feito. Perdoa-nos se falhamos com um amigo ou entristecemos e contrariamos a quem nos ama. E agora, ao descansar, dá-nos a paz daqueles que têm depositado todas as suas cargas em Ti, e que sabem que seu tempo sempre se acha em sua mão. É no teu amor que pedimos. Amém.

26º dia, pela manhã
Ó Deus, nosso Pai, concede-nos tua bênção ao começarmos este dia. Concede que nossos lábios falem a verdade e que, sempre, falem em amor. Concede-nos mentes que busquem a verdade e que possamos assumi-la, mesmo quando ela nos cause aflição e nos condene; e que nunca fechemos nossos olhos ao que não queremos ver. Concede-nos mãos que trabalhem com dedicação e que tenham tempo para ajudar o outro em sua tarefa. Concede-nos que façamos da resolução um princípio porém livra-nos da teimosia e de querermos transformar as trivialidades em leis. Concede-nos graça para vencer as tentações e viver em pureza mas livra-nos da autojustificação que menospreza aqueles que porventura tenham caído no caminho. No curso deste dia dá-nos a fortaleza e a mansidão de nosso bendito Senhor. Isto te pedimos por teu amor. Amém.

26º dia, à noite
Ó Deus, nosso Pai, hoje houve coisas cuja simples recordação nos faz sentir envergonhados. Perdoa-nos se perdemos a calma com aqueles que nos fizeram ficar nervosos. Perdoa-nos se fomos rudes e ficamos irritados com aqueles que estão mais perto de nós e a quem mais queremos. Perdoa-nos se alguma vez fomos descorteses e desconsiderados com aqueles com quem estivemos em contato no nosso trabalho. Perdoa-nos se, impensada ou deliberadamente , ferimos os sentimentos de outra pessoa.

Ó Deus, nosso Pai, hoje também houve coisas que nos causam alegria ao recordar. Damos-te graças
pelo encanto das coisas que vimos, pelas coisas sábias que ouvimos e por todo o bem que pudemos fazer. Damos-te graças pelo tempo que passamos junto de nossos amigos e companheiros e com aqueles a quem amamos. Ó Deus, nosso Pai, antes de irmos a dormir, aceita nossa contrição por nossos pecados e nossa gratidão pelos dons do teu amor. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

2º domingo, pela manhã
Ó Deus, nosso Pai, nós te damos graças por este teu dia. Damos-te graças por este dia de repouso em que deixamos de lado nossos trabalhos cotidianos para dar descanso a nossos corpos, para refrescar as nossas mentes e para fortalecer os nossos espíritos. Nós te damos graças por este dia de culto em que deixamos de lado nossos cuidados e ansiedades para concentrar nossos pensamentos somente em Ti. Damos-te graças por tua Igreja. Damos-te graças pela comunhão que nela desfrutamos, pelo ensino que recebemos e pelas orientações que recebemos para nossa vida. Damos-te graças pela leitura de tua Palavra, pela pregação da tua verdade, pelos cânticos em teu louvor, pelas orações do teu povo e pelos sacramentos de tua graça. Concede-nos que neste dia recebamos tamanha força e guia que possamos andar contigo sempre e não te apartes de nós durante os dias que nos aguardam nesta semana. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

2º domingo, à noite
Ó Deus, nosso Pai, nós te damos graças por este dia que agora chega ao fim. Damos-te graças pelas horas que passamos entre as paredes deste lugar que chamamos lar. Damos-te graças pelo tempo transcorrido em comunhão com nossos companheiros e amigos. Damos-te graças pelas horas que passamos na companhia de nossos seres queridos. Damos-te graças também pelas horas transcorridas na igreja na comunhão de teu povo em adoração. Agradecemos por toda a verdade que ouvimos, pela orientação que recebemos e por todos os novos sinais de teu amor que presenciamos. Concede, ó Deus, que quando voltarmos amanhã a nossas tarefas e aos caminhos do mundo, possamos utilizar para tua glória tudo aquilo que recebemos de sua graça. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Domingo de Páscoa, pela manhã
Ó Senhor Jesus Cristo, que neste dia venceste a morte. ressuscitando de entre os mortos, e que vives eternamente, ajuda-nos a não esquecer jamais que tua presença ressuscitada se acha para sempre conosco.
Ajuda-nos a recordar,
que tu estás conosco em todos os momentos de confusão para nos guiar e nos dirigir;
que estás conosco em todos os momentos de tristeza para nos animar e nos consolar;
que estás conosco em todos os momentos de tentação para nos fortalecer e nos inspirar;
que estás conosco em todos os momentos de solidão para nos consolar e nos amparar;
que estás conosco até em nossa morte para nos levar à glória.
Dá-nos a certeza de que nada, nem aqui nem na eternidade, poderá separar-nos de Ti, de modo que em tua presença possamos encarar a vida com galhardia e a morte sem temor. Isto te pedimos por teu amor. Amém.

Domingo de Páscoa, à noite
Ó Senhor Jesus Cristo, perdoa-nos pelas vezes que temos nos esquecido que tua presença ressuscitada está para sempre conosco. Perdoa-nos pelas vezes que fracassamos em alguma tarefa por não pedir-te ajuda. Perdoa-nos pelas vezes que caímos em tentação por tratar de enfrentá-las sozinhos. Perdoa-nos pelas vezes que estivemos atemorizados pensando que estávamos sozinhos na escuridão. 
Perdoa-nos pelas vezes que caímos em desespero por querer lutar só com nossos próprias forças.
Perdoa-nos pelas vezes que dissemos e fizemos coisas das quais agora nos sentimos envergonhados ao nos lembrar que tu as viste e as ouviste.
Perdoa-nos pelas vezes que a morte nos pareceu tão terrível e a perda de seres queridos irreparável, porque nos esquecemos que tu venceste a morte.
Faze, Senhor, que nesta noite te ouçamos dizer outra vez: “Eu estarei aqui convosco até o fim do mundo” e que nessa promessa encontremos valor e forças para enfrentar tudo sem esmorecer.
Nós te pedimos por teu amor. Amém.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates