Nós e Nossas Orações (final)

Agonia no Jardim, Giovanni Bellini (1430-1516)
Tradução, feita por João Wesley Dornellas, em maio de 2005, do capítulo inicial do livro “The Plain Man´s Book of Prayers” (“Orações para o Homem Comum”).

O dia do fim de ano, pela manhã.

Ó Deus, nosso Pai, hoje recordamos como nos permitiste chegar a este momento, e te damos graças por todos os momentos transcorridos. Damos-te graça por todas as experiências porque passamos, pois sabemos que nelas e por meio delas nos estiveste amando com teu amor eterno.

Pela alegria e pela aflição; pela tristeza e o gozo; pelos sorrisos e pelas lágrimas; pelo silêncio e pela canção: nós te damos graças, ó Deus. Por guardar a nossa saída e a nossa entrada; por permitir-nos realizar nosso trabalho e ganhar a vida; por proteger-nos até este momento: Nós te damos graças, ó Deus. Por tudo de novo que aprendemos, e pelas novas experiências porque passamos; se pudemos fazer um pouco melhor o nosso trabalho, se conhecemos algo mais da vida. Pelos amigos que estão ainda mais unidos a nós, e pelos seres queridos que seja cada vez mais queridos: Nós te damos graças, ó Deus. E hoje, ao recordar os anos passados, te damos graças em especial por Jesus Cristo, o mesmo ontem, hoje e sempre. Ajuda-nos a seguir adiante seguros de que, assim como nos tens abençoado no passado, o futuro estará também para sempre em tuas mãos; por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

O dia do fim de ano, à noite.
Ó Deus, nosso Pai, nesta noite contemplamos este ano que está nos abandonando. Há muitas coisas pelas quais precisamos do teu perdão. Pelo tempo que temos perdido; pelas oportunidades que recusamos; pela ênfase que pusemos em coisas erradas; por todas as faltas que cometemos: Perdoa-nos, ó Deus. Há também tantas coisas pelas quais devemos dar-te graças. Pela saúde e o vigor; pela proteção  em tempo de perigo; pela cura em tempo de enfermidade; por teu amparo no dia da angústia; pela luz do dia e a orientação diária: Damos-te graças, ó Deus. Abençoa aqueles que tiveram um ano feliz e faze com que te agradeçam. Abençoa aqueles que tiveram um ano triste, e ajuda-os a olhar o futuro com olhos confiantes. E, por fim, ajuda-nos durante o ano que vai começar, para que o vivamos de modo tal que, ao concluí-lo, não só tenhamos um ano mais de vida mas que haja sido um ano mais perto de ti. Isto pedimos por teu amor. Amém.

No primeiro dia do ano, pela manhã
Eterno e sempre bendito Deus, que renovas todas as coisas, nós te damos graças por hoje nos permites iniciar um ano novo. Aqui em tua presença, faremos nossas resoluções para os dias futuros.
Resolvemos ser fiéis e verdadeiros para com todos aqueles que nos amam e leais com nossos amigos, de maneira que nunca levemos preocupações a suas mentes nem tristeza a seus corações.
Resolvemos viverem no perdão e na bondade para que, como nosso Mestre, possamos fazer sempre o bem.
Resolvemos viver em diligência e esforço, para que possamos usar plenamente os dons e talentos que nos tens dado.
Resolvemos viver em bondade e pureza, para que possamos resistir à tentação e, também, ser fortaleza para outros que são tentados.
Resolvemos viver em simpatia e gentileza, para que possamos levar consolo aos tristes e entendimento aos que estão confusos.
Resolvemos viver em calma e autocontrole, para que nenhum aborrecimento nem paixão possam turbar nossa própria paz e a dos demais.
Resolvemos viver em plena obediência e em perfeito amor a ti, para que, fazendo a tua vontade, encontremos nossa paz.
Ó Deus, nosso Pai, que nos deste graça para tomar estas resoluções, concede-nos também força para cumpri-las durante o decorrer deste ano. Por Jesus Cristo,m nosso Senhor. Amém.

No primeiro dia do ano, à noite
Ó Deus, nosso Pai, temos chegado ao fim deste primeiro dia do ano. Ajuda-nos a não esquecer nunca de quão rápido transcorre o tempo e a utilizar cada instante da melhor maneira possível. Ajuda-nos a recordar que as oportunidades que surgem não se repetem com frequência, de maneira tal que saibamos aproveitá-las tão logo se nos apresentem. Ajuda-nos a recordar que não sabemos quando se concluirá o nosso tempo e, assim, faze com que em todo momento tenhamos tudo preparado para o encontro contigo.
Ó Deus, nosso Pai, no final deste primeiro dia do ano, já ficou demonstrado o quanto é difícil guardar as resoluções que tomamos. Ajuda-nos a recordar que sem ti nada podemos fazer, de modo que estejamos assim sempre contigo, para que em tua protetora presença nossa vida esteja a salvo do pecado. Pedimos isto por teu amor. Amém.

Em tempo de angústia
Ó Deus, nosso Pai, nós sabemos que te afliges quando estamos angustiados; e em nossa tristeza vimos hoje a Ti para que nos dês o consolo que só tu podes dar. Dá-nos a segurança de que, em perfeita sabedoria, em perfeito amor e em perfeito poder, tu ages sempre para o nosso sumo bem. Dá-nos a certeza a certeza de que a mão de um Pai nunca fará brotar uma lágrima inútil em seu filho. Faze-nos seguros de que teu amor aceitará mesmo aquilo que não chegamos a compreender. Ajuda-nos hoje a não pensar nas trevas da morte mas sim no esplendor da vida eterna, para sempre na tua presença e em Ti. Ajuda-nos também a encarar a vida com graça e coragem; e a achar valor para recordar sempre que o melhor tributo que podemos render a um ser querido não é o das lágrimas mas o fato de que alguém mais se agregou a nuvem invisível de testemunhos que nos rodeia. Consola-nos e sustem-nos, fortalece-nos e protege-nos, até que nós também cheguemos às verdes pastagens e às águas tranquilas e voltemos a nos encontrar com aqueles a quem amamos e que perdemos por algum tempo. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Em tempos de decisão
Ó Deus, tu sabes que devo tomar hoje uma decisão que afetará minha vida toda. Ajuda-me a escolher o caminho correto. Concede-me tua orientação e, com ela, a humilde obediência para aceitá-la. Ajuda-me a não escolher aquilo que eu quero mas a fazer aquilo que tua vontade deseja para mim. Que eu não me deixe vencer pelo temor ou pela esperança de ganhar, pelo amor egoísta ao que é fácil e cômodo, por ambições pessoais, pelo desejo de fugir ou pela busca de prestígio. Ajuda-me hoje a dizer-te em profunda obediência: “Senhor, que queres que eu faça?” e a esperar logo tua orientação e aceitá-la. Escuta esta minha prece e faze-me chegar uma resposta tão clara que eu não possa equivocar-me. Isto te peço por teu amor. Amém.

Em horas de tentação
Senhor Jesus, tu sabes o que significa ser tentado. Sabes o quanto me fascinam as coisas más e quanto me atrai o que é proibido. 
Senhor Jesus, ajuda-me a não cair.
Ajuda-me a lembrar sempre o respeito que me devo a mim mesmo e que eu não posso fazer coisa assim.
Ajuda-me a pensar nos que me amam e a saber que não devo causar-lhes desilusão ou pesar.
Ajuda-me a recordar a invisível nuvem de testemunhos que me rodeia e a saber que não devo entristecer aos que já se foram mas que continuam estando para sempre junto a mim.
Ajuda-me a recordar tua presença e a achar nela segurança. Isto eu peço por teu amor. Amém.

Ao haver cometido uma falta e caído em tentação
Ó Deus, meu Pai, tu sabes que hoje caí em tentação e agi mal. Trouxe vergonha a minha pessoa, angústia aos que me amam e dor a Ti. Ó Deus, em tua misericórdia, perdoa-me por Jesus. Ajuda-me a ter suficiente valor não só para confessar o meu pecado e pedir-te perdão, mas para pedi-lo também a quem ofendi, maltratei ou injuriei. E para fazer tudo o que estiver ao meu alcance a fim de consertar as coisas. Livra-me de angustiar-me demasiado, de ter remorsos demasiados e ajuda-me a corrigir o erro e o mal que fiz. No futuro, ajuda-me a não voltar a fazê-lo e dá-me uma consciência pronta e sensível e, ainda, graça para obedecê-la sempre. Ajuda-me a andar com Jesus e, em sua companhia, estar a salvo do pecado e poder fazer só o bem. Isto eu lhe peço por teu amor. Amém.

Na ocasião de uma notícia má
Ó Deus, nosso Pai, ainda que nos sobrevenha uma desgraça, concede-nos firmeza e concede-nos que a enfrentemos com serenidade. Ajuda-nos a ter a certeza de que nunca seremos provados além do que podemos resistir. Dá-nos a segurança de que a tua graça nos basta para que a nossa fraqueza enfrente sem medo qualquer obstáculo que se nos oponha. Dá-nos a confiança de que no vale das sombras escuras tu estarás presente para consolar-nos e proteger-nos; e que, quando tivermos que atravessar o rio, tu estarás conosco para nos sustentar e levar-nos à outra margem.Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Por ocasião de uma boa notícia
Ó Deus meu pai, que me proporcionaste a vida, te dou graças hoje pela boa notícia que recebi. Eu rendo graças porque me fizeste triunfar; porque minha esperança se cumpriu, meu sonho transformou-se em realidade e meu desejo se viu satisfeito. Livra-me hoje e no futuro de todo orgulho e vanglória. Ajuda-me a recordar que sem Ti nada posso fazer. E guarda-me assim, ao longo dos meus dias, em humildade e gratidão a Ti; por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates