O velho, mas não bom Evangelho de Judas

Agostinho de Hipona de Botticelli
A Bíblia é completa ou algumas partes delas estão faltando? Por que sempre houve aqueles charlatães querendo publicar e vender estas partes perdidas da Bíblia? Também sempre houve aqueles que têm experimentado visões alucinatórias para depois nos dizerem que somente eles têm a revelação de Deus em Jesus Cristo. A pergunta é esta: A Bíblia é mesmo incompleta? Falta nela ainda alguma coisa? NÃO! MIL VEZES NÃO!” 

Esta é a introdução de um sermão do rev. Bill Garrison sobre o Filho Pródigo deveria ser também o posicionamento do cristão diante dessa questão está sendo levantada entre nós hoje: pode a descoberta de algum novo evangelho abalar ou mesmo alterar a mensagem contida na Bíblia, principalmente o que aprendemos nos quatro evangelhos? Muito embora a resposta continue sendo mil vezes não, temos que admitir que existe uma profunda diferença entre não ter dúvidas quanto à suficiência da Bíblia e não estar atento ao mal que este textos estranhos a ela podem causar à nossa doutrina.

Desde sempre, Deus tem capacitado a sua igreja para exercer um duplo propósito: pregar a sã doutrina e refutar as heresias. É a luta eterna entre o profeta e o falso profeta. Sempre existirão, contudo, pessoas que, tomadas por sentimento de piedade, afirmarão ser uma grande perda de tempo discutir questões como esta, porque não leva a lugar algum, ou ainda, porque não edifica. Seria oportuno então perguntarmos: porventura, temos alguma pretensão de sermos mais espirituais do que os apóstolos? De sermos mais fiéis do que os Pais Apostólicos? Mais zelosos do que os homens e mulheres que, no alvorecer da fé cristã, tão aberta e incansavelmente debateram estes assuntos com suas comunidades, como nos testificam a Bíblia e os escritos dos primeiros séculos? 

Está mais do que na hora da igreja colocar em pauta esta questão. E a recente descoberta do evangelho de Judas tem se mostrado bastante apropriada para conferirmos até que ponto essas doutrinas heréticas e nocivas à fé cristã, têm se perpetuado e influenciado o modo de viver o verdadeiro evangelho de Cristo. 




0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates