O que é GÓLGOTA?

A glória do Calvário, Andrea Mantegna
Na sua forma latina calvaria, que derivou para a nossa língua com Calvário, popularmente, caveira. Conforme mencionado nos quatro evangelhos: lugar do crânio, o lugar onde Jesus foi crucificado Mateus 27.33 em paralelismo com Jo 19,17. Em aramaico gulgultã’ ou golgoltã’ ou, na forma mais simples, golgotã’  que significam crânio, especificamente crânio humano.

Conforme Dalman, o nome aramaico não vem do hebraico gal-gõ‘ã monte de pedras, de Goá, que em Jr 31.39-40 é o monte que fica no vale dos cadáveres e das cinzas. O certo é que o nome não tem nada a ver com o crânio de Adão que, conforme o teólogo grego do segundo século, Orígenes, teria sido sepultado neste lugar, nem com os crânios dos executados ou sacrificados, como pensava São Jerônimo.

O Gólgota ficava nas proximidades do centro da cidade de Jerusalém (Mt 27.32 em paralelismo com Hb 13.12 e seguintes), na proximidade de um jardim (Jo 19.41). Isso condiz com o lugar tradicionalmente aceito onde foi construída a Igreja do Santo Sepulcro, pois até 43 dC esse lugar ficava fora do muro da cidade, o segundo muro que foi construído com vista à fortificação da cidade contra as tropas do Império Romano, do qual alguns restos foram encontrados em escavações recentes. Todo o terreno em redor servia de cemitério, como provam os sepulcros judaicos que até hoje são visíveis debaixo da igreja do Santo Sepulcro.

O imperador Adriano havia encoberto o lugar, construindo o foro de Aelia Capitolina, porém, mais tarde o imperador Constantino mandou descobrir de novo a rocha, na qual, seguindo pedidos de sua mãe, Santa Helena, construiu a igreja do Santo Sepulcro.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates