Igreja sem comunidade

Jesus neopentecostal, Mero Cristianismo
Gedeão reconheceu que era o anjo do Senhor e exclamou: "Ai de mim, Senhor Javé, que vi o anjo do Senhor face a face". Senhor disse-lhe: "Tranquiliza-te; não temas, não morrerás". Gedeão edificou ali um altar ao Senhor e chamou-o Javé-Shalom. Esse altar existe ainda hoje em Efra de Abieser. Juízes 6.22-24

Este não é o único caso de uma manifestação de Deus relatado na Bíblia que antecede a construção de um altar. Aconteceu algo semelhante também com Noé, no Monte Ararat; com Abraão, no Carvalho de Manré; com Jacó, em Betel; com Elias, no Monte Carmelo, e em outras ocasiões. Por serem diversos, eles devem nos dizer alguma coisa com respeito à construção de altares ou templos em louvor a Deus.

Desde de pequeno eu acompanhava o meu pai no seu ministério de semear igrejas. Nas sua concepção supradenominacional, ele colaborou com a implantação de várias igrejas de diferentes denominações. Na minha adolescência, tive o orgulho de participar de um dos mais requisitados corais infantis de todos tempos. Recebíamos convites para que nos apresentássemos em templos católicos, e até a consagração de templos protestantes. Ou seja, eu já deveria estar acostumado com a formação de uma nova comunidade religiosa. Mas nada do que vivi se compara ao que presencio nos dias de hoje.

Minha surpresa reside em dois aspectos, para mim, integralmente novos.

O primeiro é formação de igrejas que não surgem a partir de comunidades de fé. O que o mais comum no nosso tempo. Alugam-se um salão ou um cinema, colocam-se cadeiras e escreve-se na porta em letras garrafais: Igreja.

Não faz muito tempo, uma jovem senhora se aproximou de mim, informada que eu era pastor. Sua primeira pergunta foi essa: Como eu consigo comprar uma igreja? Meu filho se formou em Teologia e eu preciso dar uma igreja a ele. Não preciso dizer que ela procurou o cara menos esclarecido no assunto.

A segunda surpresa é a formação de igrejas dentro da própria igreja. Pequenas comunidades que se estabelecem e torno de pessoas ou de finalidades específicas. A igreja do grupo de louvor, do coral, do pastor Tal, do bispo Isso e do apóstolo Aquilo, ou a quilo, não sei bem.

Será que é a Bíblia que não traz conteúdo suficiente para nos instruir sobre a construção de templos, ou seria a nossa atual concepção de igreja que está deturpada, ou seria que a manifestação do Espírito de Deus não são mais tão potencialmente inspiradoras como no passado?

Nunca antes testemunhei uma igreja sequer que não tenha nascido de uma manifestação do Espírito de Deus, ou pela inconformidade de um grupo com os rumos ou a direção da sua comunidade original. Não critico o grupo que sai de uma igreja para formar uma outra com a qual mais de identifique. Critico sim aqueles que querem mudar a tendência de um igreja já estabelecida segundo os moldes de uma nova denominação. Jesus deixou bem claro que somos do mesmo rebanho, mas não do mesmo curral. Cada um que procure o curral que mais se assemelha ao seu ideal de igreja.

Uma coisa, porém, o nosso texto nos esclarece sobre a multiplicidade de templos e a rotatividade de membros das igrejas atuais: a grande maioria das que foram formadas a partir de uma manifestação legítima do Espírito de Deus, permanecem até hoje.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates