O que é a mensagem da cruz?

Mensagem da cruz, Melissa Harris
Leia I Coríntios 2.1-5

Texto gentilmente cedido pelo Rev. Alan Kleber Rocha, pastor da Igreja Presbiteriana de Aracaju (www.iparacaju.org)

Introdução
Paulo inicia o capítulo dois da Primeira Carta aos Coríntios com as seguintes palavras: "Eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando- vos o testemunho de Deus, não o fiz com ostentação de linguagem ou de sabedoria. Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado" (I Co 2.1, 2).

Muitos questionavam sua mensagem procurando sinais ou sabedoria. Tanto judeus como gregos perguntavam a Paulo: mas afinal, o que é a mensagem da Cruz? Bem, se olharmos com atenção para esse texto, encontraremos pelo menos três grandes considerações. Na pastoral de hoje quero apresentar a você a primeira deias:

1. A Mensagem da Cruz é Cristocêntrica em Seu Conteúdo
Paulo retoma mais uma vez o assunto sobre o conteúdo da sua mensagem, afirmando que ele mesmo, e não outro havia sido enviado aos coríntios "não... para batizar, mas para pregar o evangelho" (1.17). Este evangelho consistia no anúncio do testemunho de Deus.

Mas em que se baseava a sabedoria humana de seus dias? A sabedoria humana se vangloriava por se achar o único meio pelo qual os homens alcançariam o verdadeiro conhecimento de Deus, desvendando os seus mistérios e desígnios. Entretanto, a pregação cristocêntrica destruía "o sabedoria dos sábios" e aniquilava "a inteligência dos instruídos" (1.19), pois anunciava ao mundo o supremo propósito de Deus, face a inútil e tola tentativa humana de "conhecer a Deus por sua própria sabedoria" (1.21) - salvar todos os que creem através da loucura da pregação.

Paulo deixa bem claro que a sua passagem por aquela cidade se caracterizou pelo completo abandono de qualquer artifício humano, ou superioridade de palavras, ou palavras pomposas adornadas de grande ostentação como era costume dos gregos em seus discursos. Sua pregação se baseava na sabedoria e poder de Deus, a qual consistia em mostrar ao mundo o Cristo crucificado.
Sua determinação em se esvaziar de toda a sabedoria humana que adquiriu durante toda a sua vida, o levou a nada saber entre os coríntios, a fim de pregar tão somente a Jesus Cristo e a sua cruz. O alicerce, a base e o fundamento de seu ensino e pregação, consistiram durante todo o seu ministério naquela cidade, em anunciar o Messias Ungido de Deus e a sua grandiosa obra de salvação.

Certamente, ele não podia pregar outra mensagem! Como um fiel arauto do Rei,, ele precisava proclamar em alta voz que Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus, havia morrido por eles na cruz. Este era é o centro de sua pregação. Sua alma desejava e amava um só conhecimento. Seus olhos focalizavam apenas um único alvo. Seus ouvidos só atendiam a apenas uma voz de comando. Sua boca só conseguia anunciar apenas uma única mensagem: Jesus Cristo e este crucificado!

Embora os filósofos zombassem de tal conteúdo e discurso, como sendo algo ultrapassado, velho e caduco, em face da suposta superioridade da sabedoria humana. Embora considerassem a cruz simplesmente como fruto da superstição e imaginação de homens fanáticos, seguidores de um Cristo que sequer pode se salvar de tão vergonhosa morte, o velho apóstolo aos gentios havia decidido pregar esta absurda mensagem aos homens de seu tempo. O que aos olhos humanos significava escândalo e loucura, para Paulo significava a mais urgente e importante tarefa de sua vida e ministério.

Para que essa mensagem não fosse anulada, Paulo rejeitou toda sabedoria de palavra (1.17). Por amor ao Senhor, fonte de tão sublime conhecimento e causa, ele considerou tudo mais como perda e refugo (Fp 3.8). Jesus Cristo, e este crucificado, foi o centro da sua mensagem. E ele estava disposto a enfrentar toda a ciência humana, a fim de exaltar e glorificar o nome e a obra do seu Senhor.

Concluímos afirmando que o único e verdadeiro conteúdo da pregação bíblica é Jesus Cristo. Ele é o centro das Escrituras, e, portanto, uma igreja se sustenta ou desmorona moral e espiritualmente, se amar ou desprezar este importante fundamento da fé cristã.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates