Quando nada dá certo

Totalmente entregue ao Senhor, Gustav Doré
Ainda que as figueiras não produzam frutas, e as parreiras não deem uvas; ainda que não haja azeitonas para apanhar nem trigo para colher; ainda que não haja mais ovelhas nos campos nem gado nos currais... Habacuque 3.17

Quando comparamos a profecia de Habacuque com outros livros da Bíblia, mais especificamente os Salmos e o Eclesiastes, ficamos entre duas hipóteses: O salmista era otimista demais, ou o escritor do Eclesiastes era pessimista demais. O que mais se encontra nesses escritos está longe de retratar a esperança paciente do profeta. Ou é o grito por socorro imediato dos Salmos ou a resignação indignada do Eclesiastes.

O fato marcante assinalado por Habacuque é que nada na vida dá certo o tempo todo, e que os retrocessos podem nos ensinar mais do que as conquistas. Logicamente que é são aulas que ninguém em sã consciência faz questão de frequentar, e que as posições extremas podem ser bem mais simples de assimilar do que este interregno de tempo, quando a vitória não pode ser vislumbrada e a derrota ainda não foi consumada.

Uma das principais questões levantadas por Paulo contra a igreja triunfalista de Corinto foi justamente o excesso de otimismo que vivia o grupo que se autointitulava “de Jesus” em relação à situação de degradação real que vivia aquela igreja. Disse ele em I Co 4.8 - Já estais fartos, já estais ricos; chegastes a reinar sem nós; sim, tomara reinásseis para que também nós viéssemos a reinar convosco.

Parece que uma necessidade de vitórias crescentes e constantes tem norteado a vida dos cristãos de hoje de tal sorte, que quando estas vitórias se esgotam em uma determinada denominação, imediatamente procuram outra que lhes assegure esta bênção. Deve ser por este motivo que a Educação Cristã tem sido tão sonegada nas nossas igrejas. As Escolas Dominicais se tornaram meras repetidoras de temas antigos, que não estimulam o aluno a buscar o inusitado e sim se conformar com o que já foi aprendido.

Este é dado interessante, pois o próprio Paulo, com toda a sua eloquência e capacidade de persuasão se sentiu incapaz de ministrar qualquer ensinamento novo ao grupo de Jesus, sob a alegação de que eles não poderiam ingerir nada que representasse uma fé sólida, apenas o leite básico oferecido aos neófitos: I Co 3.2 - Leite vos dei a beber, não vos dei alimento sólido; porque ainda não podíeis suportá-lo. Nem ainda agora podeis, porque ainda sois carnais.

É aqui que cabem as perguntas: estamos preparados para enfrentar uma situação semelhante à descrita por Habacuque em sua inspiradíssima profecia? Podemos ser encontrados na maturidade de darmos ainda graças a Deus por agruras desta natureza? Eu não estou! A verdade é que ao menor sinal de queda de algumas poucas folhas da figueira, eu já estou batendo em retirada para me abrigar na promessa dos Salmos, e quando não dá certo, me vejo mergulhado no pessimismo do Eclesiastes.

Essa, sim, precisa ser uma mudança urgente na regra do jogo que deverá se estabelecer a partir da milésima meditação, que ocorrerá em três dias.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates