Mensagem extraordinária

John Wesley pregando no túmulo de seu pai, George Washington Brownlow
Texto de Alan P.F. Auto, um dissidente do século XVIII.

John Wesley teve um alto padrão para aqueles que escolheram para servir como pregadores metodista leigos e itinerantes. A seguir, uma lista de 12 regras que ele acreditava que cada pregador metodista deve seguir. Eu acredito que há muita coisa que poderia aprender com esta lista.

Uma nota para todos os pregadores, leigos ou clérigos: prestar muita atenção para o último parágrafo.
1. Ser diligente. Nunca estar desempregado. Nunca ser subempregado. Evitar a perda de tempo, e não passar mais tempo do que o estritamente necessário naquele lugar.
2. Ser sério. Deixar que o seu lema seja "Santidade ao Senhor". Evitar falta de decoro, brincadeira, e imbecilidade.
3. Conversar com moderação e cautela com as mulheres, principalmente com as mulheres jovens.
4. Não tomar nenhuma decisão quanto ao seu próprio casamento sem solene oração a Deus e consultoria com os irmãos.
5. Não creditar o mal a ninguém, a não ser o plenamente provado; tomar cuidado sobre como interpretar esse mal. Colocar a melhor elaboração e coordenação de ideias em tudo quanto possível. Saber que o juízo é sempre suposto ser a favor do réu.
6. Não falar mal de ninguém, especialmente os mais mal falados; manter seus pensamentos em segredo até chegar à pessoa em causa.
7. Dizer a cada pessoa o que acha errado nela, amorosa e claramente e tão logo quanto puder, senão o conceito que se faz sobre ela vai se deteriorar. Fazer com toda a pressa para que tenha plena consciência.
8. Não ser elitista e nem inacessível. Um pregador do evangelho é um servo de todas as pessoas.
9. Não ter vergonha de se expor, mas sempre sem pecado; cuidar da limpeza de seus próprios sapatos quando necessário.
10. Ser pontual. Fazer tudo exatamente na época propícia. E não modificar as nossas regras, mas mantê-las em sã consciência.
11. Não ter nada para fazer, a não ser salvar almas. Portanto, gastar e ser gasto neste trabalho. Pregar não apenas para aqueles que querem ouvir, mas principalmente para aqueles que precisam ouvir.
12. Agir em todas as coisas como um filho no Evangelho, e não de acordo com sua própria vontade, sempre promovendo a união com todos os irmãos. Como tal, são estas as exigências para pregar: empregar seu tempo de acordo com as nossas regras direta e objetivamente: em parte, pregando e visitando de casa em casa, em parte, na leitura, meditação e oração. Acima de tudo, trabalhar com os demais pregadores na vinha do Senhor. É necessário fazer a sua parte do trabalho para que os nossos Concílios venham a lhe referendar. Esses momentos e lugares julgarão o seu galardão.

Observe que o propósito não é pregar muitas vezes ou em muitos locais, e sim cuidar apenas desta ou daquela comunidade, salvar tantas almas quanto possível, trazer os pecadores ao arrependimento, e, com todo o seu empenho instruí-las no caminho da santidade, sem a qual eles não poderão ver o Senhor. Lembre-se que um pregador metodista é um padrão de consciência em todos os pontos, grandes e pequenos da disciplina Metodista. Portanto, você vai precisar de toda a graça e de rígida disciplina, para que todos tenham um bom juízo sobre você.

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates