O que é ANÁTEMA?

A tomada de Jericó, James Tissot
No hebraico a raiz desta palavra vem de herem que significa segregar ou interditar ao uso profano. Na Bíblia, em todos os casos onde ela aparece designam que algo ou alguém foi consagrado a Deus. Os textos mais antigos dizem que esta era uma prática comum entre os povos que circunvizinhavam Israel. Mas não era simplesmente um massacre do inimigo vencido, pois possuía as normas religiosas de uma guerra santa. Porém a cidade será condenada, ela e tudo quanto nela houver; somente viverá Raabe, a prostituta, e todos os que estiverem com ela em casa, porquanto escondeu os mensageiros que enviamos. Tão somente guardai-vos das coisas condenadas, para que, tendo-as vós condenado, não as tomeis; e assim torneis maldito o arraial de Israel e o confundais. Porém toda prata, e ouro, e utensílios de bronze e de ferro são consagrados ao Senhor; irão para o seu tesouro. Js 6.17-19

Com vista ao favorecimento em uma vitória, Israel, que luta as “lutas de Deus”, devota aos despojos de guerra a ele, quer dizer, renuncia o proveito que poderia ter com a conquista, e compromete-se a consagrá-lo. Então, Israel fez voto ao Senhor, dizendo: Se, de fato, entregares este povo nas minhas mãos, destruirei totalmente as suas cidades. Nm 21.2 Esta consagração acarretaria na destruição total da cidade, dos seres vivos e dos objetos. Vai, e destrói totalmente estes pecadores, os amalequitas, e peleja contra eles, até exterminá-los.  ISm 15.18 O seu não cumprimento violava o acordo e era punido com castigos atrozes. Enviou-te o Senhor a este caminho e disse: Por que, pois, não atentaste à voz do Senhor, mas te lançaste ao despojo e fizeste o que era mau aos olhos do Senhor? Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar. Visto que rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei. I Sm 15.19 e 23 Por outro lado, o fator de não se comprometer acarretaria em derrota.

Mas o que se observa na realidade é que a aplicação deste genocídio foi bastante rara entre os hebreus. A maioria das cidades da Terra Prometida foi ocupada por Israel sem luta ou com pouca resistência. Algumas até se anteciparam apresentando acordo de paz em troca da submissão total. O que houve de fato foi uma precaução dos escritores deuteromistas, que de antemão sabiam que o anátema não havia sido aplicado na conquista, em formular leis gerais para reagir contra a sedução exercida pela religião cananeia sobre Israel. Quando entrares na terra que o Senhor, teu Deus, te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos. Dt 18.9 Através das referências sistemáticas ao seu passado, eles tentavam fazer o povo enxergar que Israel estava som a soberania exclusiva de Deus, e que a vida daquela nação dependia muito disso.

Mais tarde a palavra anátema foi desmembrada em função de dois elementos: A destruição e castigo pela infidelidade, e a consagração a Deus de uma pessoa ou objeto, sem qualquer possibilidade de resgate. Toda coisa consagrada irremissivelmente em Israel será tua. Nm 18.14

No Segundo Testamento anátema não é mais uma guerra santa, mas é usado mais especificamente como uma maldição para quem não cumpre com as ofertas votivas para com o templo de Jerusalém. Nos lábios dos judeus devotos era uma forma de juramento e consequente maldição contra si próprio, caso este caia em perjúrio. Quando amanheceu, os judeus se reuniram e, sob anátema, juraram que não haviam de comer, nem beber, enquanto não matassem Paulo. At 23.12

Já Paulo este é um juízo que recai sobre os infiéis. Se alguém não ama o Senhor, seja anátema. Maranata!  I Co 16.22 Ele diz também que é impossível que o verdadeiro cristão se pronunciasse contra Jesus. Por isso, vos faço compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus afirma: Anátema, Jesus! Por outro lado, ninguém pode dizer: Senhor Jesus!, senão pelo Espírito Santo. I Co 12.3. Mas Paulo também faz o impensável. Ele diz que desejaria ser ele mesmo anátema, se por esse meio os seus irmãos de raça pudessem alcançar a salvação, o que significaria para ele ser separado de Cristo. Porque eu mesmo desejaria ser anátema, separado de Cristo, por amor de meus irmãos, meus compatriotas, segundo a carne. Rm 9,3. Desta forma paradoxal ele define exatamente o que é o anátema, como a maldição por excelência.

  

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates