Herança maldita

Buraco Negro chamado Brasil, Nasa
Pois quem tem receberá mais, para que tenha mais ainda. Mas quem não tem, até o pouco que tem lhe será tirado.  Mateus 13.12 

É estarrecedor comprovar como certos versículos bíblicos que nos trazem desconforto e até uma forma de indignação, na prática funcionam, e funcionam mesmo. Não me refiro apenas ao nosso texto base, que dentro do contexto da parábola do servo infiel, é inteiramente plausível. Porém. é seguro que podemos transferi-lo literalmente para o nosso contexto atual sem que ele perca a sua genuína aplicabilidade.

Independente de legenda, facção política, se é do setor legislativo, judiciário ou do executivo, o nosso país atravessa uma crise de absoluta falta de confiança em qualquer um desses segmentos citados. E para agravar ainda mais a nossa situação, parece que as forças sobrenaturais assumiram o compromisso de nos tomar de assalto durante as vinte e quatro horas do dia. Uma hora é um político que fundamenta seu voto na retidão moral e em seguida é preso por corrupção; o outro que faz uma citação que contradiz toda a sua vida pregressa; quando não é uma represa que se rompe em virtude de um abalo sísmico que jamais ocorreu; também há aqueles religiosos que negam peremptoriamente os princípios mais fundamentais da sua fé; outra hora é uma ponte que cai no momento em que o mundo está com a atenção voltada para a Cidade Olímpica, enfim, absolutamente nada tem escapado deste buraco negro (nome científico da região do espaço que consome qualquer coisa que se lhe aproxima, inclusive a luz) que se instaurou em nossa pátria.

Os nossos governantes desprovidos do menor senso suscetibilidade para perceber o momento atual, ainda conseguem se superar negativamente em todos os projetos, declarações e decisões que promulgam. Não bastasse o secretário de obras do Rio de Janeiro declarar que a responsabilidade do desabamento da ciclovia é toda do nosso velho e querido mar, ainda temos que engolir a decisão do presidente da ANATEL que quer limitar ainda mais aquele que é o mais caro e um dos menos eficientes serviços de internet em todo o mundo. Em contra partida, podemos ler na mesma edição que a Google iniciou um programa para oferecer banda larga totalmente gratuita aos usuários nos Estados Unidos. Ou seja, onde o serviço é barato e eficaz, mais serviço e menor custo; onde é caro e ineficaz, mais restrições e aumento de tarifas.

Quem quiser espernear que esperneie, quem quiser se indignar que se indigne, mas a Bíblia mais uma vez está certa. Contudo, é importante que se diga que a citação de Cristo não tem por finalidade nos fazer as ameaças das tragédias que já estão acontecendo, e sim de nos deixar alerta quanto às circunstâncias que nos induzem às tragédias. Jesus vem nos dizer com a máxima clareza possível que a nossa fé deve nos constrangem a trocar o foco da nossa indignação, e não de simplesmente a deixarmos de lado sob a pena de perdermos até mesmo o pouco que tentamos desesperadamente preservar. Em vez de nos ressentirmos com as palavras de Jesus, tentarmos enxergar o que está nos causando essas pesadas perdas e se a solução requer uma mudança de atitude acerca de nós mesmos ou se requer a nossa ação profética.  

Tudo mais já está contido no texto. Resta-nos apenas dizer: bem lembrado Mateus.

Pois quem tem receberá mais, para que tenha mais ainda.
Mas quem não tem, até o pouco que tem lhe será tirado.
(Jesus Cristo)

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates