Vida e Morte I

Vida X Morte, Artwork
Porque a vida é mais que um sopro

tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei:
a justiça, a misericórdia e a fé.
- Mateus 23.23 -

Texto do rev. Paulo Schütz.

Geralmente consideramos que a vida, viver, estar vivo é o que todas as pessoas, sem exceção, mais prezam e tudo fazem para preservar, mesmo sabendo nada terem feito para conquistar, mas na certeza de que, uma vez perdendo, também nada poderão fazer para recuperar. Consequentemente, a morte, morrer, estar morto é o que elas mais temem e tudo fazem para evitar.

Talvez não seja exagero afirmar que vida e morte estejam sempre por trás de toda atividade humana, seja física, intelectual e, especialmente, espiritual. Mas o que essas palavrinhas podem significar em situações distintas costuma variar muito, embora sempre provoquem encantamento e temor extremos.

Costumamos, por exemplo, pensar na vida de um ser humano como o período de tempo que começa quando ele nasce e vai até o momento de sua morte, que marca seu término. Mas mesmo essa concepção já não é tão simples quanto parece. Considerava-se até pouco tempo, e muitos ainda o fazem, que o começo se dava no momento em que sua mãe lhe dava a luz e o término, quando parava de respirar ou o coração cessava de bater. Hoje, se considera que o embrião já constitui um novo ser e, portanto, o início acontece quando o espermatozóide masculino fertiliza o óvulo feminino; semelhantemente, o fim passou a ser decretado agora pela chamada morte cerebral, de modo que muitos cujos corações chegaram a parar de bater e a respiração a cessar por alguns instantes ainda continuam bem vivinhos entre nós.

A vida assim concebida deve sem dúvida ser preservada a todo custo, e tem sido levada muito a sério pelos profissionais da saúde para orientar práticas como a inseminação artificial, o aborto e a eutanásia, por exemplo. Mas, de saída, qualquer um percebe que, apesar de valiosa, é muito pobre quando confrontada com aquela fartamente cantada e decantada em prosa, versos, músicas, dança, e por todas as artes, a que vale a pena ser vivida. E essa distância cresce sobremaneira diante dos olhos dos crentes que conseguem vislumbrar algo infinitamente maior.


0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates