Luzes e túneis

Porém, se os seus olhos forem maus, o seu corpo ficará cheio de escuridão. Assim, se a luz que está em você virar escuridão, como será terrível essa escuridão! Mateus 6.23
O abandono, Goeldi
Qualquer observador minimamente informado diria que a sociedade brasileira encontra-se em um incomensurável buraco, embora os mais otimistas afirmem que podemos nos considerar felizes porque ainda não tem terra por cima. A realidade é que vivemos sob a ingênua esperança de podermos enxergar uma luz no fim do túnel.

Que pese o fato de que ainda não estejamos totalmente conscientes da extensão dos males da corrupção em nosso país, temos que viver constantemente sob a expectativa de novas denúncias de roubalheira. Mal assimilamos a tristeza de ver o nosso único orgulho nacional, o nosso futebol, humilhado por um 7X1 na nossa própria Copa, perdemos até o quarto lugar do continente. As nossas assembleias legislativas e o nosso congresso não medem consequências para nos afrontar com as decisões mais espúrias que o mundo já teve notícia.

Da mesma forma, trouxemos para dentro da casa, que deveria ser de Deus, todo esse estado de iniquidade, o que tornou a igreja em apenas mais instituição passível de investigação. Mazelas que nos levam a duvidar se de fato existe uma luz no fim do túnel, ou se o mundo realmente jaz no maligno.

Parece que ver uma luz túnel se tornou a nossa grande esperança, e que cada dia é mais um dia que Deus nos concede para vivermos sob essa esperança. Mas faz algum tempo que comecei a meditar e aprender sobre uma pessoa que não somente discordaria com veemência da nossa expectativa nesse tipo de luz, como nos mostraria a luz do seu evangelho que está escondida dentro de nós.

Por mais piedosa que possa parecer a esperança de uma luz no fim do túnel, ela é totalmente anti-bíblica e essencialmente anti-cristã. Pelo menos é isso que nos dizem os antigos hinos, quando nos asseguram: Pelo vale escuro, seguirei Jesus; A luz que me guia no escuro caminho, não está no fim do túnel, mas fulgura de cima, do Sol criador; diz também que o trilho é estreito e escuro, mas no passado Deus nos guiou assim. Ou seja, a fé cristã nos desafia a não esperarmos por luz alguma, principalmente pelo fato de que nesse estamos ainda nesse mundo exclusivamente para sermos a sua luz.

Não vivemos debaixo do sucesso da Operação Lava-Jato ou da mudança de caráter dos nossos governantes e congressistas. Não temos a nossa segurança depositada na redução da maioridade penal ou mesmo no agravamento das penas. Nosso futuro não depende da solução das crises de todas as ordens, e é isso o que domingo, o dia do Senhor tem nos dizer.

Não existe uma luz no fim do túnel, mas existe uma luz além do túnel. Uma luz que ainda não vemos claramente com os nossos olhos mortais, e que só a veremos com os olhos espirituais se nos atrevermos a atravessarmos os túnel, com toda a escuridão existente e outras que ainda podem ser acrescidas.

Em meio a uma crise de proporções semelhantes, o poeta Castro Alves teve a inspiração de legar aos brasileiros a seguinte esperança:

Toda noite - tem auroras,
Raios - toda escuridão,
Moços, creiamos, não tarda
A aurora da redenção.

1 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates