Pescar gente

O chamado de Pedro e André, Duccio di Buoninsegna
Jesus estava andando pela beira do lago da Galileia quando viu dois pescadores. Eram Simão e o seu irmão André, que estavam no lago, pescando com redes. Jesus lhes disse:
— Venham comigo, que eu ensinarei vocês a pescar gente. Leia Marcos 1.16-20 

Texto baseado em sermão do rev. Garrison.

Esta passagem contém um segredo que pode mudar de forma radical tanto a igreja quanto as nossas vidas. Se fosse crido e se fosse vivido por nós enriqueceria a vida daqueles que nos escutam. Melhor ainda; cada um de nós descobriria a razão da sua existência, e a nossa vida seria capacitada e estimulada por um propósito empolgante.

Tenho a certeza que cada um de nós está buscando um motivo suficientemente excitante para gastar a sua vida. Um motivo suficientemente desafiador, porque todo mundo quer estar envolvido em algo que transforme a História. O que menos se deseja é viver uma vida insignificante. Viver a vida toda sem ter feito qualquer diferença. Eu não quero ser esquecido, e penso que ninguém quer. O propósito de uma vida é importante, porque foi isso que Deus planejou para nós, por essa razão detestamos o vazio e a insignificância. Mas o que tem, então, este texto bíblico para transformar radicalmente tudo isso? Vamos ver.

Cada um de nós nasceu ligado indispensavelmente à criação contínua de Deus. Nós nascemos não só para conhecer Deus. Nós nascemos não só para experimentar o seu amor revelado em Jesus Cristo. Nós não nascemos não só para responder pela fé, nem para viver somente sob a voz do Espírito Santo que habita em nós. Nós também nascemos para reproduzir a nossa fé nos outros. Esta é a criação contínua de Deus, e nos fazemos parte dela. O propósito principal de nossas vidas é nos envolvermos com os outros de modo a dividirmos com eles a graça de Deus. Comunicar a esperança aos outros é a chamada definitiva de cada cristão.

Então, não precisamos mais procurar a coisa mais espetacular da vida e nem a coisa mais grandiosa para fazer. Todos que buscam fazer mais do que qualquer um já fez antes dele acabam frustrados por não conseguirem fazer o inusitado espetacular. Vivemos assim até compreendermos que o trabalho mais importante de cada um de nós é o trabalho com as pessoas que nos circundam. Por isso tem sido dado a nós o dom de comunicação do evangelho, que é a expressão última do nosso ministério.



0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates