Quando o inverno chega III

Apóstolo Paulo, autor desconhecido
Paulo também pede a Timóteo que lhe traga capa que deixou em Trôade. Mostra como eram parcos os seus recursos. Mostra como era dura a vida de um missionário. Enquanto alguns compram jatos de milhões de dólares e mansões em Miami, Paulo no final do seu ministério estava fazendo questão de ter de volta sua capa velha, surrada, apedrejada, resgatada de naufrágios e mofada após tanto tempo guardada. Enquanto alguns pastores reúnem quinhentas mil pessoas num culto onde ordenam, repreendem e determinam, Paulo pedia a Deus que lhe abrisse uma porta para ele pregar o evangelho (Cl 4,3).
Porque será que ele queria tanto aquela capa de volta? A capa tem que ter um significado maior, e aqui parece que ela representa aconchego e proteção. Seria essa proteção que Paulo precisava depois de ter vivido uma vida de riscos, de confrontos, de perigos e desafios? Agora ele não quer mais enfrentamento, ele precisa de capa; não de confronto, mas de conforto, não de riscos, mas de aconchego. Precisa sentir-se em casa novamente.
Esse era o lado sentimental de Paulo que havia ficado ofuscado enquanto ele combatia o bom combate. Eram as paixões ficaram semissepultadas no período do seu ministério ativo. Eram as emoções que ficaram reprimidas em nome de algo maior, mais importante e mais urgente. Mas agora não, manda prá cá que eu as quero de volta. Eu quero a capa. (continua)

Leitura II Timóteo 4

0 comentários. Faça o seu:

 
Copyright 2012 Amós Boiadeiro. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates